segunda-feira, 12 de julho de 2010

Patriotismo

Olá caros leitores, a Mavors Green escolheu o tema “Patriotismo” para essa semana.

Primeiramente tenho a má notícia (para mim, é claro) que estou doente, dêem um desconto se o post não ficar bom hehehe, a dor de cabeça e a febre estão me matando, mas vamos ao que interessa.

A Copa acabou, a Espanha foi campeã merecidamente e o polvo virou atração mundial, mas alguns podem querer perguntar: O que isso tem a ver com patriotismo?

Tudo, a Copa do Mundo é o maior evento ao redor desse planeta azul, e é justamente nesse período que a grande maioria lembra em que país mora, e os brasileiros tem orgulho de mostrar isso a todos (salve as exceções), “temos” a melhor Seleção de Futebol do mundo, a mais vitoriosa, a que ergueu mais vezes o caneco, é uma das poucas coisas que os patriotas podem se orgulhar e é o momento que surgem incontáveis “pseudo-patriotas”.

Eles colocam bandeirinha nos carros, pregam adesivos da mesma em diversos lugares, fazem propagandas com o tema em todos os meios de comunicação, querem que o mundo todo veja que eles são brasileiros, nesse momento todos têm orgulho de bater no peito e dizer: Eu sou Brasileiro.

Felizmente eu estou entre as exceções, não tenho muito orgulho da tão idolatrada pátria amada, antes que me julguem entre os “pseudo-patriotas”, aqueles que viram a casaca depois que a Seleção Brasileira saí de campo com a cabeça baixa, eu torci pela Argentina na Copa, e não apenas nessa Copa, sempre torci pelas Seleções da Argentina e Inglaterra, não sei o porquê dessa rivalidade com os argentinos, mas eu não ligo a mínima e não tenho motivo algum para tê-la.

O motivo de eu não ser patriota é simples, esse é um dos países com maior desigualdade social do mundo. Os nossos governantes que teoricamente representam o povo, e que deveriam arrumar isso, não estão ligando muito, contando que eles possam roubar tranquilamente. Os impostos, uma vergonha, o Brasil cobra impostos no nível de países de primeiro mundo, o problema em si não é a quantidade de tributos, mas cadê o retorno? Você o vê em algum lugar? Pelo menos nos países desenvolvidos você vê.

Alguém poderia me dizer por que ser patriota nesse país? Ou por que você é patriota? Por que eu não encontrei um bom motivo, não levo em consideração a questão geográfica, eu poderia ter nascido em qualquer outro país do mundo, dei o azar ou sorte de ter nascido aqui, existem países bem piores e melhores. As belezas naturais? Todo país tem as suas. Por eu poder estar falando isso aqui sem ser preso? É o mínimo que um país decente pode fazer.

Não confundam não ser patriota com não gostar do povo brasileiro. O povo brasileiro é fantástico, as pessoas são receptivas, a grande maioria bondosa até, e é um povo tranqüilo, pacífico, chegando a ser acomodado demais, o que é uma pena, pois é o grande culpado pelo Brasil não ser um país melhor. Apesar de eu não acreditar que os políticos candidatos sejam capazes de mudar completamente essa situação, acredito que eles podem melhorar de pouco em pouco, a Copa se foi pessoal, as eleições estão aí, vamos votar consciente, o Brasil pode mais.

Enquanto essa lastimável situação não é alterada, a foto abaixo resume bem o país.

Por hoje é só pessoal (:

Complementos sobre os impostos:
http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/impostos-carga-tributaria/contexto2_g2.html
http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/a-comparacao-das-cargas-tributarias-do-brasil-com-outros-paises/45774/

3 comentários:

Larissa disse...

Adorei o que você escreveu.
Eu concordo plenamente, e minhas opiniões sobre patriotismo são um pouco piores...
Não vou estender o assunto para poder falar na quarta, mas eu adorei,mesmo, o que você escreveu.

Sneonzeit Dämmerung disse...

Realmente, Circo Brasil!

Eu me lembro de ter torcido para o Brasil até a copa de 1998, até eu ter idéia do que realmente significava tudo isso. Só não idolatro o povo brasileiro não porque o Brasil é em sí um espaço geográfico, as pessoas que moram nele é o que define o país, e se o pais é.... =P

Mavors Green disse...

Ah, acho que sinceramente o pessoal torce para futebol, e não para o Brasil em copas do mundo. Criança, pelo que eu lembro da minha euforia infantil, torce sim pelo país e talz, acho que é o patriotismo mais puro que existe... mas adulto é muito mais para estravazar o tédio.A maioria dos brasileiros continuou vendo os jogos mesmo depois que o Brasil saiu, então é muito mais pelo gosto do futebol do que pelo orgulho da pátria. Em relação ao resto, acho que eu falei um tanto no meu post já...

Curtir o próprio país não significa necessariamente aceitar todos os seus defeitos, vejo patriotismo como um relacionamento amoroso, você é apaixonado mesmo sabendo os defeitos da pessoa, ficando puto com isso, querendo mudar etc, mas tem várias outras coisas que te agradam e acabam te ligando a ela :B