domingo, 15 de agosto de 2010

Futuro

"Primeiramente, meu nome é Elyson, sou estudante, e fui convidado pelo Senbi para postar nesse blog.
Nos conhecemos recentemente, em São Carlos, por termos uma amiga em comum: Daniela Endo.
Fiquei muito lisonjeado pelo convite e espero que gostem do meu post.
Desde já, muito obrigado.


Futuro é algo relativo, é pensar no dia de amanhã, no mês, ano ou década que vem, e em tudo que está por vir; dentro desse conceito, está qualquer tipo de pensamento possível sobre o que irá acontecer ou o que fazer: o que comer amanhã, quanto gastar no mês, onde morar ano que vem, qual carreira seguir, ou até mesmo pensar em algo que vai além da vida individual, como as condições que nossos descendentes terão.
Assim, o pensamento no futuro é algo que teoricamente nos guiará o tempo inteiro e, consequentemente, merece ser bem feito.


Falar sobre o futuro a curto prazo é desnecessário, já que as coisas que faremos amanhã, ou nessa semana, geralmente são corriqueiras; o futuro que
merece atenção especial é aquele a longo prazo, pois deve ser planejado eficientemente. Adepto dessa idéia, darei foco ao futuro a longo prazo, nesse post.


Dependendo da idade, educação e do meio em que vivemos, nossa ideologia varia, e assim o futuro almejado por cada um é algo bastante relativo. Existem pessoas conformistas, que não pensam em grandes mudanças, que aceitam continuar vivendo com tudo aquilo que possuem e fazem, mas existe outro grupo, que tem como objetivo algo que requer esforço e planejamento consideráveis, e isso normalmente é o sonho pessoal. Boa parte das pessoas inclusas nesse último grupo pensam em se formar em algum curso superior, formar família, comprar um carro, arrumar bom emprego, etc.; algumas delas, enfrentam problemas durante a tentativa de realização de seu sonho, e é sobre isso que eu acho importante falar.


Dentro do grupo de pessoas conformistas, certamente existem aqueles indivíduos que aderiram a essa postura por falta de coragem para resolver os transtornos que enfrentariam para conseguir sua realização pessoal, e mesmo sabendo que não é fácil adotar postura contrária, acho melhor; vivemos somente uma vez, e apenas deixar ser não é a melhor idéia; devemos tentar fazer de tudo que temos vontade, sempre respeitando os limites. Posso servir de exemplo para tal colocação: cursei 1 ano de engenharia e resolvi trancar o curso para tentar o vestibular para outra área, mesmo sabendo das diversas dificuldades, pois estudar algo do qual se desgosta é bem desagradável, e espero muito que eu seja forte o suficiente para não me incluir no grupo de conformistas. E para quem tem a situação favorável para se buscar aquilo que almeja, desejo muita força de vontade para fazê-lo.


Por fim, seja qual for a sua situação, lute, pois mesmo o futuro sendo um tanto incerto, podemos moldá-lo às nossas vontades, e lembre-se: a vida é uma só, e nela está a única chance de ser feliz. No mais, aproveitemos o presente também, para curtir a vida, pois mesmo o futuro sendo muito importante, a todo instante o tempo está passando; lembremos também de cuidar de tudo para que as gerações futuras tenham boas condições de vida.


Bom, fui avisado com 1 semana de antecedência sobre esse post, e durante esse intervalo eu pensei bastante sobre o assunto, mas não tive idéias legais
e não comecei escrever por conta da falta de tempo (vida de vestibulando é complicada, não?); além disso, comecei escrever no sábado de noite, então saiu tudo "na gambiarra" mesmo.
Bom domingo e boa semana! o/
"elyson.n@hotmail.com"

esse post foi escrito por Elyson , amigo de Senbi ^^. enjoy ;)

5 comentários:

Senbi ∞ Phoenix disse...

muito bem explicado , ótimo post, valeu pela ajuda e espero que passe na facul que queira e também no curso ^^.

Mandag Súlimo disse...

Muito bom o post, abordonou uma visão diferente de todos os outros posts, se preocupou mais com o futuro enquanto todos os outros tentaram focar que o presente é mais importante, fica bom ver dos dois lados. Boa sorte e muito obrigado =)

Anônimo disse...

Elyson aqui.

Eu que agradeço pelo convite.
Foi um prazer, e fico feliz que tenham gostado! =)
Muito obrigado pela força, também!

o/

Murilo Zambolin disse...

Legal japa!!!
Retratou bem o seu pensamento que, por sinal, admiro.
=]

Anônimo disse...

love it.